Técnica Filosófica

Segundo Olavo de Carvalho, a técnica filosófica é composta pelos seguintes itens:

  1. Anamnese: o filósofo rastreia a origem de suas idéias e crenças. Como o problema se colocou para ele? De onde surgiram suas concepções? Qual a situação da realidade que o despertaram para a investigação? Assume a responsabilidade por suas idéias, estabelecendo o que ele efetivamente acredita antes do começar a filosofar.
  2. Meditação: busca transcender o círculo das próprias idéias e buscar como a realidade se comunica com ele em uma experiência originária. Sua idéia deve corresponder a dados da realidade.
  3. exame dialético: integra a experiência cognitiva dentro da tradição filosófica. Compara as próprias observações com os grandes mestres da história.
  4. perspectiva histórico filológica: estudo da tradição de acordo com uma técnica apropriada.Toma posse da tradição para o exame dialético.
  5. arte hermenêutica: tornar transparente para o exame dialético o pensamento dos filósofos, É a interpretação em profundidade do pensamento dos mestres.
  6. exame de consciência: integra em sua própria personalidade e consciência o resultado de suas investigações.
  7. Técnica expressiva: tornar sua experiência cognitiva reproduzível por outras pessoas.

Os itens 4 e 5 referem-se especialmente à cultura filosófica, basicamente o foco de estudo das universidades no Brasil. Formamos no máximo historiadores da filosofia, mas o resto é grego para nossos mestres tupiniquins.

Filosofia é um trabalho muito mais sério do que parece.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s