Renascimento do basquete brasileiro

Independente do que aconteça daqui para frente, pode-se dizer que o Brasil concretizou seu renascimento no basquete internacional. O que já vinha se desenhando no mundial e no pré-olímpico, onde fizemos jogos duríssimos contra EUA e Argentina, esta por três vezes, mostra que o Brasil já não é mais o saco de pancada que se transformou após a aposentadoria da geração do Oscar.

Eu acompanhei o triunfo, vitória épica contra os EUA em Indianápolis em 1987, as frustrações de Seul e do mundial onde o sonho de ouro ficou no quinto lugar, as expectativas que nunca se concretizavam, as desclassificações em pré-olímpicos perdendo para Porto Rico, Venezuela e cia, culminando no tenebroso mundial de 2006 onde ficamos atrás de Angola.

Se o Brasil perder para a Argentina na quarta feira, terá sido eliminado por um dos grandes e estará entre os oito melhores. Considerando que ficamos fora de TRÊS olimpíadas seguidas, é uma posição digna. Se vencermos, deveremos pegar os EUA nas semi-finais. Sem problemas. Pelo menos estamos jogando contra os grandes.

Infelizmente a bola de três pontos do russo nos colocou em um cruzamento difícil, mas faz parte do esporte. O que não dá é para entrar pensando em entregar jogo para ter adversários teoricamente mais fracos. Besteira. Tem que jogar e colocar o time em outro patamar.

Só o fato de ver um jogo do Brasil em uma quarta de final de jogos olímpicos já é uma alegria. 12 anos é muito tempo.

Parabéns ao time brasileiro. E boa peleja.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s