Repetindo o que deu errado!

Em 2010, o PSDB lançou a chapa que reunia o marqueteiro derrotado em 2006 (L Gonzales), com o candidato derrotado em 2002 (Serra) para enfrentar nas urnas um governo popular. Deu no que deu.

Disposto a inovar, resolveu repetir a dobradinha para as eleições municipais deste ano. Serra e Gonzales. Se era para o Serra se enterrar, vai fazer com estilo.

O baixíssimo índice de aprovação da prefeitura Kassabista mostrava que a única chance de vitória do PSDB era lançar um candidato que não pudesse ser associado com o atual prefeito. Fez o contrário, lançou o único candidato que jamais poderá alegar não ser associado ao Kassab. Uma candidatura que já nasceu morta na origem, o que mostra que o planejamento estratégico do PSDB é uma lástima, e por isso toma banho do PT.

O voto útil já começou a migrar para o Russomano. Serra não vai nem para o segundo turno. Acabou.

Seu tempo já passou.

Nem 2010 era para ele. O grande erro do PSDB me parece foi não lança-lo em 2006, aceitando a pressão de Alckmin. Talvez a estória fosse diferente.

Apenas talvez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s