Romney vence a primeira batalha

Até a CNN foi obrigada a reconhecer, Romney foi melhor no primeiro debate entre os dois candidatos à presidência dos Estados Unidos, o que, na prática, significa que foi bem melhor. Em termos práticos o que isso significa?

Bem, vai depender dos dias seguintes ao debate, particularmente da repercussão, o que está sendo pior para os Democratas do que o próprio debate em si. Chega a ser patético o desabafo do jornalista Chris Mattews com o desempenho fraco de Obama ontém logo depois do encerramento do debate, assim como a tentativa de justificativa da equipe do presidente.

Quem lê a cobertura brasileira pela imprensa, na prática uma leitura do NT Times e da CNN, imagina que Obama está nadando de braçadas para vencer as eleições. Não é bem assim. Está com uma vantagem nas pesquisas, mas longe de ser confortável, ainda mais depois de um período onde Romney apanhou da assessoria de imprensa do partido democrata, vulgo CNN e MSNBC, por ter dito a verdade em um encontro privado. O fato é que a eleição está totalmente aberta e não fosse Obama uma celebridade que transcende a política, estaria morto pelo próprio peso dos resultados desastrosos de suas políticas. Como é quem é, o jogo está aberto e está na frente.

Ao contrário do que muita gente pensa, e os analistas vivem propagandeando, debates não influenciam tanto assim no resultado das eleições, a não ser que um candidato tenha um verdadeiro desastre diante das câmeras, o que é muito difícil acontecer tamanho o profissionalismo envolvido na preparação. Esse negócio que debate pode decidir o voto dos indecisos não me convence, embora a repercussão do debate tenha alguma importância.

De resto, resta cada vez mais evidente que o modelo brasileiro é um desastre por si só. Aquela estória do mediador com relógio na mão, regras fixas e a absurda intromissão do TSE que obriga a televisão a dar espaço para gente que ninguém quer ouvir, resulta-nos um somatório de equívocos e uma imensa perda de tempo. Romney e Obama passavam a palavra um para o outro de forma civilizada, dando uma dinâmica para o debate que por aqui não existe nem em sonho.

Ontem parece que Romney venceu uma Batalha. Haverá outra, assim como as semans de campanha ainda pela frente. Os Democratas não vão ficar parados, ainda mais que não sabem perder. Vem chumbo grosso aí.

Com promessa de emoções.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s