A oportunidade histórica do PT

Alberto Carlos Almeida defende a tese de que o PT está seguindo no Brasil a trajetória dos grandes partidos social-democratas da Europa, que começaram como partidos radicais de esquerda e à medida que foram ganhando eleições foram se acomodando no jogo democrático e rumando para a posição centro-esquerda. O PT, portanto, era uma realidade que tinha vindo para ficar e já conquistara em definitivo essa posição na política brasileira. Não cabia, portanto, a tentativa do PSDB em disputar esse eleitorado e esse caminho o levará para a extinção. O outro grande partido brasileiro ainda está por se formar, e será o que assumir a posição de um partido conservador.

Se sua tese estiver correta, e acho que não está, o PT tem a partir de agora seu grande teste. O STF está fazendo uma limpa em várias figuras nefastas de suas hordes, a começar por José Dirceu. É a oportunidade do partido se livrar de seu radicalismos e afirma esse caráter democrático que Alberto Almeida diz possuir. Se quer ser efetivamente a tal centro-direita, tem que abandonar certas práticas como o que está sendo evidenciado pelo mensalão.

E o que o PT fez nos últimos dias?

Atacou o STF e lutou para todo tipo de censura possível para que o assunto não chegasse aos brasileiros, valendo até substituição na Globo.

Mobilizou seus braços mais radicais, como a CUT, para desqualificar o julgamento e tentar mobilizar a militância.

Comemorou a reeleição do ditador Hugo Chávez, que não é vencido nem pelo câncer.

Foi na ONU agredir gratuitamente Israel e defender Cuba.

Parece um partido social-democrata? Parece coisa de uma esquerda responsável?

O anel de Salomão diz que “tudo passa”. Pois acho que um dia o PT passará pois no fundo não é nada mais do que uma organização dedicada a saquear os cofres públicos. E o PSDB nunca será um partido de centro-direita porque está em seu DNA, é um social-democrata legítimo! Sonho que uma dia estarei defendendo o ideal conservador contra as idéias de esquerda do PSDB. Hoje tenho que defender a esquerda contra bandidos pois é a única opção que tenho! Só isso já dá idéia da miséria política brasileira. Um país que se divide entre esquerda e bandidos.

Claro que posso estar errado e Almeida certo. Tomara. Seria tudo mais simples se o PT, que já está consolidado, se livrasse da bandidagem e se tornasse de fato um partido social democrata. Defendesse ideais da esquerda, mas condicionado à democracia, respeito ao contraditório, comportamento civilizado. Isso, claro, considerando que exista uma esquerda assim.

Façam suas apostas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s