A importância do jogo coletivo

Outro dia um comentarista da ESPN falando sobre os times da NBA, disse que no Thunders Durant e Westbrook continuariam levando o time nas costas. Se assim for, dificilmente disputam o título. Basquete é um dos jogos mais coletivos que existem; ter astros no time não quer dizer que possam ganhar sozinhos. Foi o detalhe que faltou para o time bater o Miami ano passado e acabou oferecendo menos resistência que os velhinhos do Boston.

Ontem, diante dos Raptors de Toronto, pela primeira vez eu vi o time fazer um jogo coletivo, com muitos passes e confiando nos coadjuvantes. Vejam a distribuição de pontos do primeiro tempo.

Captura de Tela 2012 11 07 às 00 13 44

Um time bem mais equilibrado do que nas primeiras partidas. Enfim vi o Sefolosha produzindo no ataque; um jogador de alto nível não pode se limitar a defender!

Já com o jogo praticamente ganho, OKC se deu ao luxo de jogar o último quarto com o time reserva, poupando seus principais jogadores e dando ritmo de jogo para os reservas, que estão entrando cada vez melhor. É assim que se forma um time de basquete. Veremos se vai se manter.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s