Felipão e o problema da ampliação indevida

Parece que está dando o que falar a afirmação do Felipão sobre a questão da pressão. Para fazer uma comparação, usou como exemplo o Banco do Brasil. O sindicato dos bancários comprou a briga argumentando que Felipão ofendeu a profissão.

Independente de ter razão ou não, o caso serve para exemplificar uma das táticas que Schopenhauer exemplificou como uso indevido da retórica em seu livro Dialética Erística. A melhor edição no Brasil é a comentada por Olavo de Carvalho que saiu com o título de Como Vencer um Debate sem Precisar ter Razão, que já resenhei em post no antigo blog.

Estou sem meu exemplar na mão para dizer qual o número da regra que foi exemplificada no caso Felipão, mas trata-se de “ampliação indevida”. Acontece uma ampliação indevida quando uma das partes amplia o conjunto a que a outra parte se refere e ataca este conjunto maior, quando na verdade tratava-se de um conjunto mais restrito.

Felipão referiu-se a trabalhar no Banco do Brasil e não em qualquer banco. Possivelmente estava usando o caráter público do banco para fazer sua comparação, usando a percepção que existe sobre o trabalho dos funcionários públicos. Talvez o BB tenha surgindo em sua mente sobre o constante envolvimento de seus membros em escândalos de corrupção que mostra o efeito nefasto do aparelhamento da instituição. Esta semana mesmo está em todos os jornais o caso do seu diretor de seguros, que teve um diploma forjado pelo MEC para poder exercer o cargo.

Querer dizer que Felipão se referiu aos bancários em geral é uma ampliação indevida, um exemplo de como vencer um debate sem precisar ter razão. Independente da razão do Felipão, não se pode atribuir o que não falou para atacá-lo. Infelizmente isso acontece a todo tempo no debate público, o que mostra a pobreza dos nossos debates.

Será que não encontram argumentos suficientes para mostrar que os bancários do Banco do Brasil trabalham sob pressão? 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s