Mais lama no ungido

É preciso que se dê por uma espécie de vitória já adquirida da verdade, à qual basta mostrar-se para vencer, sem necessidade de atacar nem de se defender. (Louis Lavelle)

Um dos sintomas de doença de uma sociedade é a necessidade de se provar o óbvio. Mais que isso até, a necessidade de se provar a verdade. Como Lavelle bem colocou, a verdade tem a força de precisar apenas ser mostrada para se impor. Quando temos que defender a verdade, a coisa já está bem complicada e é um sinal que vivemos em tempos turvos.

O Estadão de hoje apresenta uma matéria devastadora sobre a conexão de Lula com o mensalão. O que me espanta não é o que está no jornal, na verdade no depoimento de Marcos Valério, mas que esta conexão tão clara e óbvia necessite ser provada. É o clássico caso exposto por Marx, o inteligente e não o do furúnculo, quando disse a cérebre frase: afinal, você vai acreditar em mim ou nos seus próprios olhos?

Qualquer pessoa que não tenha seus pensamentos aprisionados por ideologias vagabundas sabe que o cara é profundamente corrupto, em todos os sentidos. Assim como sua sucessora por sinal, mas isso é outra estória. Ou não. Afinal a sucessora foi claramente beneficiada de todo esquema que tinha o mensalão como UM dos seus instrumentos; apenas o mais amador e tosco deles.

Desde o depoimento de Duda Mendonça na CPI dos correios ficou patente o que era a figura do Luis Inácio, o que chamou o congresso de 300 picaretas. Mas muita gente se recusa até hoje a acreditar nisso e não estou falando daquele pobre miserável que vive do bolsa família. Estou falando de gente com “diproma” universitário, alguns até doutores, de gente no topo de alguma pirâmide, seja social, econômica ou cultural. Gente que teria a obrigação moral de se escandalizar e se afastar dessa nojeira. Ao contrário, quanto maior a lama mais a defendem, mais se tornam dispostas a guerrear. Paralaxe cognitiva pura.

Sobre as acusações de Valério, não tenho nada a dizer. Sigo o espírito de Luis Lavelle. Não há necessidade de atacar ou defender, apenas de mostrar. Um bom resumo está neste post do Reinaldo. Boa leitura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s