Primeiro grande jogo dos playoffs

Rm4 1130

Já prometia ser a grande partida do chamado wildcard weekend. Ambas as equipes estavam embaladas e chamando atenção da mídia especializada. De um lado, o Redskins com sua dupla de calouros RG-III e Alfred Morris; de outro, o Seahawks com o também calouro Russel Wilson de QB e Marshawn Lynch correndo uma barbaridade.

Detalhe que enquanto RG-III foi uma segunda escolha de Draft, Wilson chegou praticamente desconhecido, lá das últimas rodadas de escolha. E o Seattle ainda foi criticado por gastar uma escolha nele!

No primeiro quarto tudo deu certo para o Redskins. Em duas posses de bola, 2 TD. O Seahawks conseguiu ficar apenas um minuto com a bola e avançar apenas 2 jardas. Com 14 x 0 de saída, a pressão ficava toda para Wilson e cia.

E aqui vai uma das forças do Seahawks. Para um time extraordinariamente novo, eles se comportam como se fossem veteranos! Especialmente Wilson, que continuou atuando normalmente e conduziu seu time a 1 TD e 2 FG, reduzindo a diferença para 1 ponto ao fim da primeira metade.

O terceiro tempo foi tenso. O Seattle dominou o quarto, avançou jardas e mais jardas mas no momento decisivo, falhou. Principalmente quando estava na linha de uma jarda e Lynch sofreu um fumble. Novamente o Seahawks manteve a calma e continuou pressionando. 

Do lado do Redskins, um drama. RG-III, que já havia se contundido em jogo anterior, continuava visivelmente no sacrifício. A defesa do Seahawks, uma das melhores do campeonato, apagou o péssimo primeiro quarto e se transformou em um paredão intransponível.

Finalmente Lynch rompeu a barreira e em uma de suas corridas conseguiu o TD decisivo. Ao invés do extra point, preferiram a conversão de 2 pontos e conseguiram. Com 7 pontos de vantagem faltando pouco mais de 4 minutos, o Redskins teria que suar muito para empatar a partida e forçar a prorrogação.

Então veio o lance decisivo da partida. Um péssimo snap (e não foi o único no jogo) e RG-III fez um movimento que não podia para tentar ainda pegar a bola. Fumble para o seahawks na linha das 20 jardas, RG-III fora do jogo. Após o Field Gol, com 10 pontos de vantagem, foi só administrar a partida e comemorar a classificação.

Não é trivial um time chegar na condição de wild card, na casa do adversário, sair de um buraco de 14 x 0 e fazer 24 pontos sem respostas do adversário. O Seahawks chegou para valer nos playoffs e está correndo por fora. Tudo que vier para o jovem time do Pete Carrel é lucro, mas os caras mostraram que vieram com espírito de vitória. É o time da semana na NFL.

E como jogo o tal Russel Wilson! Vi este garoto jogando desde as primeiras rodadas e durante esse tempo evoluiu uma barbaridade. Pode-se dizer que amadureceu umas 5 temporadas em apenas uma!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s