O buraco é bem mais embaixo

Coloquei a questão neste post outro dia. A inflação está voltando no Brasil, tanto que o Banco Central aumentou a taxa SELIC. O problema que levantei foi se o processo inflacionário que estamos enfrentando hoje é o mesmo dos anteriores, ou seja, o aquecimento da economia acima da nossa capacidade de produção. O baixo crescimento do PIB indica que não. Daí a pergunta: o que estamos enfrentando?

Estou pesquisando a respeito, li muita coisa hoje, fiz muitas anotações e ainda estou tentando entender o que consegui captar. Se o que entendi for a verdade, o buraco é muito mais embaixo que eu imaginava. Significa que o sistema financeiro brasileiro, e de boa parte do ocidente, é uma coisa de maluco e realmente não tem como funcionar sem explodir de tempos em tempos. E o nosso explodirá mais cedo ou mais tarde.

O pior não é isso. O pior é que ele pode ser combatido e evitado, mas o custo é empurrá-lo para o futuro onde virá ainda mais agravado. Ou seja, o sistema é tão lunático que temos que torcer para ele explodir logo e sofrer antes que se torne pior. Como o sistema democrático que vivemos se caracteriza com a preocupação de curto prazo como principal fator, dificilmente os políticos irão tomar as decisões corretas conscientemente. Nos resta torcer para que eles, e os bancos, façam besteiras contra os próprios interesses, já que hoje não são os mesmos das pessoas. Não esqueçam disso, os interesses dos políticos e dos bancos não são os mesmos das pessoas comuns. E isso é trágico pois os primeiros estão dirigindo o show.

Não tem como explicar ainda, mas deixo umas perguntas para quem tiver estômago pensar um pouco:

1) O que é taxa SELIC?

2) O que efetivamente o Banco Central faz quando anuncia o valor da taxa SELIC?

3) Como se cria dinheiro na economia? Que tipo de dinheiro?

4) Que relação existe entre Governo – Tesouro Nacional – Banco Central?

5) Quem efetivamente controla a inflação?

6) O que o dollar tem a ver com isso?

7) Embora tenha muitos bancos, no Brasil apenas 4 ou 5 realmente interessam. Qual a consequência?

8) O que significa uma taxa de desemprego de 5,5%?

9) Os salários tem subido no Brasil acima da inflação. O que isso significa?

10) A produtividade brasileira está caindo ao mesmo tempo que os salários aumentam. E daí?

11) Nós não fazemos poupança interna. Da onde vem o crédito para investimento?

12) O governo gasta mais do que arrecada. Como financiar esta dívida?

Pois é, andei lendo sobre tudo isso. Mais uma vez reforço meu pensamento, economia não é causa, é consequência das ações da sociedade e seus governos. Se o dinheiro é apenas um instrumento de troca, o que está realmente acontecendo na realidade? Ou seja, se deixarmos de pensar em termos de valores, o que está acontecendo com os recursos (materiais e humanos) da sociedade?

Eric Voegelin argumentava que em uma sociedade o indivíduo não tem o direito de ser estúpido. A esmagadora maioria de nós é ignorante sobre o funcionamento básico de uma economia. Tem gente que diz que o desinteresse pela política é causa dos governos ruins. Besteira. É plenamente possível ter interesse na política e ser um estúpido. O que nos torna escravo dos políticos ruins é nosso desinteresse pelo conhecimento e numa sociedade a economia é um dos conhecimentos básicos  para entender o que está acontecendo. Nós julgamos o desempenho econômico de um governo sem ter a menor idéia do que está fazendo. E ainda reclamamos que não dá certo!

Pergunto, tem como dar certo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s