Maracanã: o custo é ainda maior do que se imagina

Leio que o preço da reforma do Maracanã aumentou em mais 200 milhões e pulou para 1.12 bi. Eu disse reforma? Pois é, disse. E tudo dinheiro público, o que significa dinheiro que sairá do nosso bolso, mas não agora, o que é pior!

Para financiar a festa cara que estamos dando para a FIFA e para o mundo, o estado está imprimindo dinheiro através da criação de crédito, que se expressa pela queda da taxa de juros. Estou descobrindo que toda vez que o COMPOM avisa que a taxa de juros vai cair para tal valor ele não abaixa diretamente esta taxa, ele cria crédito para que ela caia. 

Toda esta criação de crédito do além tem um preço, e bem salgado. Se fosse assim tão fácil não precisaríamos nem de economistas e administradores, era só criar dinheiro que estava tudo resolvido. Várias vezes na história se fez isso, todas com resultados desastrosos.

A criação de crédito dá origem a um ciclo econômico que tem uma primeira fase de boom econômico, deixando todos satisfeitos, políticos, empresários e trabalhadores. Só que a estrutura de produção se desloca artificialmente para os setores mais afastados do consumo, como o setor de infra-estrutura, com emprego intensivo de mão de obra. No futuro, como não houve poupança, haverá uma contração inevitável no nível de consumo com aumento da taxa de juros e simplesmente abandono de uma série de projetos que nunca deveriam ter sido iniciados. 

Nesta eu acho que o Stephen Kanitz pisou na bola com força. Não adianta baixar os juros na marra para permitir o investimento e tirar os projetos do papel. O juros irão baixar em função da poupança, ou seja, do adiamento do consumo. Sem poupança, não tem como investir. 

No campo do Governo significa gastar menos do que arrecada, justamente o contrário do que estamos fazendo há anos.

Sem a construção dos estádios, a situação já estaria feia para o futuro próximo. Obras como o Maracanã só agravam o problema pois uma coisa é se endividar para construir um hospital ou uma hidro-elétrica, outra é para fazer um estádio de futebol!

O resultado não será um país mais rico como se está vendendo, mas um país mais pobre no futuro próximo.

Podem anotar, é inevitável, haverá inflação e desemprego. E quanto mais demorar, pior será.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s