Estatudo do desarmamento: mais um engodo da esquerda

Em dezembro de 2003, o monarca Lula I assinava o Estatuto do Desarmamento. Contrariando o plebiscito sobre venda de armas, tão devastador que a esquerda brasileira nunca mais tentou consulta semelhante, a idéia principal era desarmar a população. Sua majestade disse no ato da assinatura que era um presente de  natal para a população brasileira.

Só se for um presente de grego.

Quase 10 anos depois, a promessa que o estatuto retiraria armas das mãos dos bandidos não se confirmou. Como sempre, só a população ordeira e que cumpre as leis entregou sua arma que sabe-se lá para onde foi parar. Dizem que foram todas destruídas, mas quem acredita seriamente em um governo petista além dos ideólogos de sempre?

50 mil assassinatos por ano e uma desenvoltura cada vez maior dos bandidos. Esse é o resultado da ação do governo qu,e nunca é bom esquecer, tem ligações bem íntimas com as FARC, sócia no Foro de São Paulo, a entidade que não existe mas que governa quase toda a América Latina. Imaginem se existisse!

A imagem da semana passada, em que um “menor” de 16 anos assaltou um ônibus na Avenida Brasil, às 18 horas!, e estuprou um mulher na frente de apavorados passageiros mostra bem a conquista da esquerda brasileira. O bandido fez o que fez porque sabia que era o único a portar uma arma naquele veículo. Sabia mais ainda, que mesmo se houvesse alguém armado nada poderia fazer pois o cidadão que usar uma arma para sua defesa ou de outra pessoa estará enrascado com o estado por muito tempo.

Eu também sou a favor do desarmamento, como sempre digo. Mas tenho uma ordem para isso: primeiro os bandidos, depois o resto. A esquerda inventou um método realmente fabuloso, justamente o inverso! O estado desarma os seus cidadãos, contando para eles a mentira que os bandidos também o farão.

A verdade é filha do tempo, já dizia São Tomás. Mas como demora a se impor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s