O Silêncio dos justificadores do terrorismo

Vejam a capa da revista Placar.

https://coisasdojota.files.wordpress.com/2012/09/neymarcristo.jpg?w=227

Cadê a gritaria do beautiful people? Por que essa imagem pode e um filme tosco no youtube satirizando maomé não pode? Se pensarmos bem, talvez essa imagem seja muito mais ofensiva do que aquela porcaria que só foi visto pelo mundo depois dos atos terroristas no Oriente Médio.

Ah, mas é diferente. Os cristãos não se incomodam…

Não é que não se incomodem, mas é que simplesmente não saem matando gente para mostrar que estão incomodados. Isso significa civilização, respeito à pessoa humana.

Quem quer justificar o terrorismo sempre encontra uma forma.

Anúncios

Um filme e a revolta no Oriente Médio

Tem textos que temos que ter muito cuidado ao escrever, principalmente no que se refere à clareza. Quando se trata de religião, a coisa complica ainda mais, principalmente quando o islã entra na equação.

A leitura mais fácil e errada de se fazer dos acontecimentos recentes é que se trata de uma reação ao filme feito nos Estados Unidos. Por que errada? Por que parte do princípio, tão caro a muito progressista, que os radicais muçulmanos apenas reagem ao Ocidente. Caso os ocidentais ficassem quietos eles viveriam em paz com o mundo. Haja ingenuidade!

Cada vez menos eu acredito em conflitos religiosos. O que percebo na região é o velho conflito por terra e poder. A religião é apenas o pretexto para atos maléficos, uma justificativa para o uso do terrorismo como arma de guerra. Não fosse o filme, seria outro, como o Alcorão queimado algum tempo atrás.

O Ocidente precisa tomar uma decisão. Ou o direito de livre expressão é uma conquista ou não. Pessoas não pode pagar com a vida pela indecisão sobre esse assunto. Engraçado que os mesmos que condenam o filme, aplaudem desfile de gays vestidos como santos católicos. Ou alguma ” artista ” de NY que considera arte urinar sobre um crucifixo. Será que não percebem a contradição? Quer dizer que uma religião só pode ser respeitada se alguns radicais começarem a matar gente? Qual a mensagem que passam para esses loucos? Que quanto maior o radicalismo maior o respeito e o medo?

Já pararam para pensar que é justamente a fraqueza em defender os próprios ideais que mais irrita os loucos? Está na hora do ocidente como um todo defender seus princípios mais caros. Caso contrário, terminarão sem eles.

Primavera árabe faz mais uma vítima

Só se iludiu com a primavera árabe quem quis. Sim, Kadafi era um tremendo de um mau caráter e bandido, mas o que foi colocado em seu lugar? Como o apoio explícito de Obama, França e Inglaterra se uniram para interferir em uma guerra civil e escolher o governo líbio. Nenhum dos lados era flor que se cheirasse, mas pelo menos um deles não representava mais perigo para o ocidente.

Escolheram o lado anti-ocidente e o resultado não para de se mostrar ao longo do mundo árabe. Agora mataram o embaixador americano na Líbia. Não estou dizendo que foi o governo líbio que praticou o ato, mas sim que criou as condições para que os assassinos se sentissem suficientemente livres para fazer o que quiseram. Assim como o próprio governo americano faz ao namorar extremistas islâmicos.

E o que faz Mr Obama? Em plena campanha eleitoral, declara que a justiça será feita. Li em algum lugar que sempre que alguém brada por justiça no fundo quer mesmo é vingança! Bonito para um nobel da paz, não? E como fica aquela estória que os republicanos são belicosos e os democratas pacifistas? A gestão democrata só conseguiu até agora transformar o Oriente Médio em uma confusão muito maior do que quando assumiram o governo.

Que os eleitores americanos façam a coisa certa e tirem esse pessoal do comando da política externa americana. Só está fazendo o mundo mais inseguro do que era há quatro anos.